skip to Main Content

CODEM ELEGE DIRETORIA 2012-2013

Empossada nova diretoria do CODEM

O engenheiro civil José Carlos Valêncio assumiu na quarta-feira (15) a presidência do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem), substituindo o empresário Luis Fernando Ferraz. Na vice presidência entra Wilson Yabiku, e na secretaria do conselho José Roberto Pinheiro de Mello.
Participaram da plenária que aclamou o grupo para a direção do Codem o prefeito Silvio Barros, os secretários Valter Viana, do Desenvolvimento Econômico; José Luiz Bovo, da Gestão e Fazenda; o superintendente do aeroporto, Marcos Valêncio; o vereador Carlos Eduardo Sabóia, e membros do Codem.
O ex-presidente do conselho, Luiz Fernando Ferraz, agradeceu o apoio de todos durante sua gestão e adiantou que os ex-diretores estão à disposição do conselho. “Agradeço de forma especial ao prefeito Silvio Barros que reconhece e apoia integralmente o trabalho do Codem”.
Antes de iniciar os trabalhos da plenária, Ferraz apresentou um balanço das atividades do Codem e o trabalho das câmaras técnicas durante a gestão. Junto com o empresário Paulo Meneghetti ele entregou o relatório das atividades ao prefeito Silvio Barros; junto com o empresário Ariovaldo Costa Paulo, entregou o estudo sobre o mercado de trabalho regional e com o professor Marcelo Farid Pereira, da UEM, o relatório da viagem sobre o Centro de Inovação.
“São estudos dentro das expectativas da nossa comunidade e também da região”, lembrou o ex-presidente. O prefeito Silvio Barros entregou um livro com a história de Maringá a Luiz Fernando Ferraz, em reconhecimento à dedicação de todos os membros do Codem. “Agradecemos em nome da comunidade cada membro do Codem”, afirmou.
Referência
Eleito, José Carlos Valêncio lembrou que participa do conselho há 15 anos, e destacou o Codem como referência para muitos municípios. “Recebemos grupos de várias cidades e vemos que eles enfrentam agora as dificuldades que levaram a criar o Codem, e confirmamos que a sociedade organizada de Maringá conseguiu superar muitos obstáculos”.
Wilson Yabiku, vice-presidente eleito, lembrou estar chegando ao Codem, mas com experiência de ter passado pelo Sinduscon/Nor, entidade integrada ao conselho. “Estou honrado em fazer parte do Codem e a certeza de minha experiência profissional e de vida será útil para o trabalho no conselho”.
O secretário eleito, José Roberto Pinheiro de Mello, pediu a valorização das câmaras técnicas do conselho. “Acompanhei o nascimento do Codem. Avançamos muito e para irmos mais além precisamos valorizar o trabalho das câmaras técnicas, que levantam os problemas para buscarmos as soluções”, citou.
Desafios
O prefeito Silvio Barros agradeceu a disposição dos novos diretores, e falou dos desafios do Codem neste ano eleitoral. “O conselho precisa costurar os projetos da comunidade para os candidatos incluírem como compromisso de governo, também trazer os indicados pelos partidos para as plenárias, e atuar de forma a evitar a descontinuidade dos bons projetos apresentados pelo Codem”.
Para o prefeito, o presidente que assume tem experiência e vai saber conduzir o conselho em um momento importante. “Maringá vai experimentar algumas transformações importantes até o final deste ano, e contamos com o apoio do Codem para levarmos projetos importantes adiantes”, afirmou.
Entre os projetos citados pelo prefeito Silvio Barros está a segunda etapa do Contorno Norte, o novo Contorno Sul, o novo Parque Industrial, o Parque Tecnológico e a consolidação da Região Metropolitana de Maringá. “O Governo do Estado tem R$ 2 milhões para um estudo estratégico da Região Metropolitana, e o Estado quer nosso projeto referência para outras regiões”, revelou.
Silvio Barros afirmou que durante os últimos sete anos a administração trabalhou na transformação de Maringá, “hoje uma cidade em melhores condições econômicas e financeiras e uma das melhores do Paraná em nível de investimento público”. Segundo o prefeito, hoje Maringá tem uma condição invejável, e o Codem deve atuar para manter essa situação. “Vamos manter nossa cidade referência para o Paraná e para o Brasil”.

Fonte: Codem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top